Mais eficiente que nuncaEletrificação, transmissão, design leve e eletrônica da ZF.

Menor consumo de combustível e menor emissão de CO₂ são premissas básicas no desenvolvimento de produtos na ZF. A empresa pesquisa intensamente os conceitos para o futuro da mobilidade eficiente. Por um lado, o foco está no aprimoramento dos motores de combustão, por meio de sistemas de transmissão eficientes e componentes de chassis eficazes que favorecem o princípio de diminuição das cilindradas (downsizing) e, por outro lado, no desenvolvimento de tecnologias alternativas como a híbrida e eletrificação. Além disso, diversas medidas adicionais ainda possibilitam, por exemplo, reduzir consideravelmente o peso do chassis de um automóvel. Sistemas eletrônicos inteligentes e a crescente integração do veículo com outros motoristas ao redor também contribuem para aumentar a eficiência.

Eletrificação Acionamentos híbridos plug-in e totalmente elétricos da ZF

Normas mais rigorosas de emissão de CO₂, concorrência mais acirrada e maior pressão por custos, além de clientes com expectativas cada vez maiores, requerem amplos conhecimentos no campo dos acionamentos elétricos. A ZF oferece esse know-how com sua abordagem modular que atende a todos os requisitos de funcionalidade e demanda comercial das montadoras.

A linha de produtos ZF engloba todos os componentes de um driveline elétrico rentável, até mesmo os dispositivos de controle e a unidade eletrônica: desde os módulos híbridos individuais, passando pelos sistemas híbridos plug-in, até os conceitos totalmente elétricos, que abrangem um módulo de acionamento com potência de até 120 kW, localizado na posição central do eixo, além da barra de torção elétrica eTB (do inglês "electric Twist Beam") que incorpora dois motores elétricos próximos às rodas em uma suspensão traseira semi-independente.

Demanda em todas as categorias de veículos Carros de passeio com transmissões automáticas eficientes da ZF

As transmissões automáticas da ZF para veículos de passeio têm grande sucesso no mercado. Considerando apenas a transmissão automática de oito marchas 8HP, do início de sua produção seriada em 2009 até o fim de 2014, a ZF já vendeu 7,5 milhões de unidades, com as plantas de Saarbrücken, na Alemanha, e Gray Court, nos Estados Unidos, produzindo mais de 2,6 milhões de transmissões ao ano (dados de meados de 2015).

A tecnologia das transmissões ZF também está cada vez mais presente nos veículos com motor transversal dianteiro, segmento que representa o maior potencial de crescimento do mundo. Cerca de dois anos após o seu lançamento, a transmissão automática de nove marchas 9HP já é um grande sucesso internacional, atualmente com três clientes e diversas aplicações em série.

A cada nova geração de transmissão, a ZF tem ajudado a reduzir o consumo de combustível e as emissões de poluentes dos automóveis. Além disso, as transmissões automáticas ZF proporcionam elevado nível de conforto e dinâmica de condução.

Invertendo a tendência do peso Design leve da ZF para chassis de automóveis

A segurança e a eficiência dos veículos têm aumentado consideravelmente nas últimas décadas. Contudo, maiores cargas, além de mais estabilidade e dinâmica na condução, requerem eixos mais complexos e geralmente mais pesados.

A ZF já se propôs a inverter essa tendência há muitos anos. O fruto desse trabalho é a mais nova versão de um eixo de peso leve com molas transversais de direcionamento das rodas, produzido com plástico reforçado com fibra de vidro (PRFV), que a ZF integrou em um eixo traseiro com design leve para veículos de passeio. O conceito da ZF é cerca de 13% mais leve do que uma suspensão traseira multi-link. Essa redução do peso sem alterar o desempenho é sobretudo viabilizada pela abordagem integrada de design leve que a ZF implementa de forma consistente.

Há anos, a ZF reduz o peso dos componentes: amortecedores, bandejas e pedais de freio com estruturas leves já são usados em série, o que resulta na redução do peso total dos veículos de passeio.

MELHOR SENSAÇÃO AO VOLANTE ECONOMIA EXPRESSIVA DE COMBUSTÍVEL

O sistema de direção elétrica (EPS) com acionamento via coluna é uma tecnologia inovadora de direção assistida que dispensa uma conexão entre o sistema de direção e o motor. A assistência ao torque adicional de esterçamento é proporcionada pelo motor. A modularidade e escalabilidade da direção elétrica com acionamento via coluna oferecem flexibilidade para a instalação, tornando o sistema eficiente para várias aplicações automotivas e reduzindo os custos do ciclo de vida.

Integrada no conjunto de direção, a unidade de controle eletrônico contém os algoritmos de controle para gerar reações dinâmicas de esterçamento, impossíveis de serem alcançadas com direções hidráulicas. O sistema de direção elétrica com acionamento via coluna monitora a interação do motorista pelo volante e apenas consome energia quando o motorista realmente precisa da assistência à direção. Essa menor demanda energética pelo sistema de direção pode contribuir substancialmente para reduzir o consumo de combustível e emissão de CO₂.

SOLUÇÃO DE FRENAGEM REGENARATIVA PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS E HÍBRIDOS

O controle eletrônico de estabilidade (ESC) – híbrido, baseado no sistema modular EBC460, é uma solução mais econômica de frenagem regenerativa para veículos elétricos e híbridos, integrando a função de frenagem eletrohidráulica na tecnologia ESC. O sistema já comprovado na série é composto por uma bomba robusta com seis pistões, que possibilita a frenagem regenerativa e combina a recuperação da energia de frenagem do sistema híbrido ou do motor elétrico com a frenagem por fricção, levando a uma maior eficiência no consumo de combustível e redução das emissões de poluentes.

A experiência é de elevado conforto, mesmo com a intervenção do controle de patinação, freangem automática de emergência e aplicações de controle de velocidade adaptável com níveis mínimos de ruídos, vibrações e rugosidades.

O sistema apresenta uma curva de pressão melhorada para funções de frenagens automáticas, além de utilizar um sistema convencional de ativação com capacidade de detectar o percurso do pedal, resultando em um conceito com excelentes características de custo, peso, instalação e desempenho.