Tecnologia

#visionzero

Soluções para a mobilidade urbana de amanhã

miúdo tempo de leitura
O transporte urbano do futuro será bem diferente. A ZF desenvolveu cinco soluções que tornará as cidades mais silenciosas, limpas e seguras.
Christoph Reifenrath, Setembro 11, 2017
author_image
Christoph Reifenrath é jornalista de televisão e imprensa há 35 anos e faz parte da equipe de redação da ZF. Sua parte favorita do trabalho é analisar a fundo assuntos técnicos complexos.

1. Conceitos inteligentes de plataforma

1. Conceitos inteligentes de plataforma

Com sua ampla linha de produtos, a ZF tem a oportunidade de oferecer soluções de sistemas inteligentes e integrados, que podem estar completamente prontos para aplicação em uma grande variedade de opções de mobilidade – do carro elétrico compacto ao veículo de entrega autônomo. Basicamente, as montadoras apenas precisam da carroceria, do sistema de baterias e do interior para colocar suas ideias sobre quatro rodas.
Um sistema de tração elétrica com até 150 kW de potência assegura o acionamento sem emissões. A unidade de acionamento compacta é uma combinação de motor elétrico com uma transmissão de dois estágios, um diferencial e unidade eletrônica. Alojado no sistema modular de eixo chamado de mSTARS sem ocupar espaço adicional, o componente simplifica e flexibiliza a eletrificação de plataformas de veículos de série.
O trânsito urbano também é favorecido pelo inovador sistema de direção da ZF, que alcança um ângulo de esterçamento que chega a 75° – 50% a mais que os eixos dianteiros convencionais –, facilitando as manobras para estacionar e mudar a direção do veículo.
A plataforma também pode fornecer os sensores, a unidade de controle central e todas as interfaces necessárias para os avançados programas de assistência ao motorista: das funções de condução altamente automatizadas até a direção autônoma.

2. Carros capazes de ver, pensar e agir

2. Carros capazes de ver, pensar e agir

As competências da ZF combinam sensores ambientais, como câmeras e radares (“ver”), com unidades de controle eletrônico centrais (“pensar”) e sistemas mecatrônicos inteligentes no acionamento, chassis e direção (“agir”), resultando em veículos mais eficientes e mais seguros.
Na tecnologia de sensores, a ZF pode oferecer um amplo portfólio de sistemas complementares – de câmeras a sensores LIDAR e radares – desenvolvidos pela própria empresa, em joint ventures ou por meio de parcerias estratégicas. Esses sistemas possibilitam aos veículos monitorar constantemente seu ambiente e reagir com muito mais precisão e rapidez a potenciais perigos.
Se os sensores são os olhos de um carro autônomo, o ZF ProAI é o cérebro. Desenvolvida em cooperação com a especialista em TI Nvidia, a unidade de controle processa imensos volumes de dados em tempo real e toma as decisões certas em frações de segundo. Tudo isso é viabilizado pela inteligência artificial (IA) e deep learning. Os próprios veículos treinam continuamente, ganham experiência a cada quilômetro rodado e compartilham em nuvem com os outros carros o que aprenderam. Junto com a Nvidia, a ZF e o ProAI possibilitam aplicar em carros de passeio e veículos comerciais a potência de processamento de um supercomputador – um requisito para a inteligência artificial e o deep learning.
Além dos olhos e do cérebro, a ZF fornece os músculos necessários para os sistemas de condução automatizada: atuadores mecatrônicos, como sistemas de acionamento, freio, direção e chassis, reagem em frações de segundo à situação atual do trânsito e implementam a solução calculada pela unidade de controle.
© © ZF
Com o ZF ProAI, a ZF e a Nvidia estão implementando a inteligência artificial.

3. Soluções inteligentes para a última milha

3. Soluções inteligentes para a última milha

Meios de transporte amigáveis ao ambiente, como bicicletas elétricas, robôs e pequenos caminhões elétricos, são ideais para entregas nas cidades. A ZF está ajudando a moldar a tendência da mobilidade urbana ecológica no segmento de veículos de duas, três e quatro rodas com peso inferior a 400 quilos e potência de acionamento abaixo de 15 kW. Apresentado recentemente, o motor central de 48 Volts pesa somente 2,5 quilos, tem um diâmetro de apenas 90 milímetros e estará disponível em dois níveis de potência: 250 e 350 W. Com estrutura compacta e peso reduzido, ele oferece muito mais liberdade para os fabricantes projetarem suas bicicletas.

4. Transporte público sem emissões

4. Transporte público sem emissões

Segundo as grandes montadoras, em 2030, 60% a 70% de todos os ônibus urbanos novos serão equipados com sistemas de acionamento sem emissões. Com um amplo portfólio de produtos e serviços, a ZF Friedrichshafen AG promove a eletrificação dos veículos comerciais, com foco nas soluções de tração para modelos urbanos com alcance limitado. O mais recente desenvolvimento é um acionamento central totalmente elétrico que pode ser aplicado em uma série de sistemas de ônibus e caminhões de distribuição nas cidades – uma boa complementação para o eixo elétrico tipo pórtico AVE 130.
Pequenos ônibus elétricos com capacidade para até 15 passageiros podem fazer com que os horários e pontos fixos sejam coisa do passado. Também conhecidos como “people movers”, eles atendem regiões menos frequentadas e levam as pessoas para casa com segurança e flexibilidade – mesmo à noite. Como parte da joint venture e.GO Moove, a ZF está desenvolvendo um micro-ônibus elétrico para expansão e aplicação universal, apropriado para o transporte comercial e de pessoas.
© © ZF
Eixo elétrico tipo pórtico AVE 130 da ZF baseado no acionamento elétrico independente.

5. Frotas conectadas

5. Frotas conectadas

Abastecer metrópoles, manter a mobilidade de seus habitantes e, ao mesmo tempo, reduzir o impacto ambiental: esse é um dos maiores desafios do futuro. Uma chave é otimizar o controle e monitoramento de frotas de veículos – de táxis a caminhões. Com o Openmatics, a ZF oferece uma solução de telemetria altamente versátil e independente de montadora, que usa uma série de interfaces para se comunicar com todos os sistemas veiculares relevantes. Isso torna o serviço adequado ao gerenciamento de frotas e ao diagnóstico dos veículos – no caso dos ônibus, inclusive para informar os passageiros e para aplicações de multimídia. Outra grande vantagem é a arquitetura aberta. As montadoras, os fornecedores de componentes e as operadoras de frotas podem programar e ajustar aplicativos individuais, de modo que o sistema possa ser utilizado por empresas de táxi, locadoras de veículos, companhias de leasing e operadoras de frotas de caminhões e ônibus.
Mas para que possam ser realmente autônomos, esses veículos precisam de um agente digital a bordo capaz de realizar tarefas e liberar pagamentos automaticamente, sem que o próprio proprietário ou o usuário tenha que entrar em ação. Com a solução “Car eWallet” da ZF baseada na tecnologia segura de cadeia de blocos, os veículos poderão pagar automaticamente as taxas de estacionamento, receber o valor do compartilhamento de carro, fazer o pagamento no posto de recarga e pagar o serviço de entrega que coloca a encomenda diretamente no porta-malas.
Falando em segurança, o X2Safe da ZF disponibiliza uma tecnologia inovadora capaz de prevenir acidentes em áreas urbanas. O X2Safe pode se comunicar com veículos, smartphones e relógios inteligentes para alertar motoristas, pedestres e ciclistas sobre colisões no trânsito com antecedência. Sistemas autônomos ou semiautônomos instalados no carro podem intervir conforme a situação – inclusive fazer manobras de desvio ou frenagens bruscas. O melhor de tudo é que, quanto mais pessoas e veículos estiverem conectados nessa rede interativa de segurança, mais eficiente será a prevenção de acidentes.
© © ZF
O X2Safe alerta pedestres e motoristas de automóveis sobre potenciais perigos.