Tecnologia

#mobilidadeinteligente

Em foco: a eficiência

miúdo tempo de leitura
Tags: Eficiência

Após onze anos, a ZF apresenta a segunda geração de sua transmissão para ônibus urbano totalmente automática, a EcoLife. Numerosas inovações a nível do hardware e do software preparam essa linha de transmissão clássica para o futuro.
Frank Thoma, Outubro 18, 2019
author_image
Frank Thoma é editor corporativo da ZF desde 2011. Formado em jornalismo, escreve e revisa textos para todos os meios de comunicação internos e externos da empresa, tanto impressos como online.
As mudanças climáticas causadas pelo homem, com todos os seus efeitos negativos, representam atualmente um dos maiores desafios que a humanidade enfrenta. Parte da culpa pelas mudanças climáticas está relacionada aos gases climáticos emitidos pelos transportes públicos e privados, incluindo o dióxido de carbono. Os ônibus, em particular, formam a espinha dorsal da mobilidade pública em redor do mundo. Isso não é uma surpresa, visto os ônibus permitem criar rapidamente uma infraestrutura de mobilidade abrangente, com veículos extremamente flexíveis e com uma operação econômica. Mesmo que seja desejável eletrificar rapidamente todas as frotas de ônibus por razões ambientais, os altos custos de aquisição atuais e a falta de infraestrutura representam grandes obstáculos.

Atualmente, a China está bem na frente em termos de eletrificação do transporte urbano de passageiros. De acordo com as conclusões do relatório Bloomberg New Energy Finance (BNEF) apresentado na primavera de 2019, 421.000 dos 425.000 ônibus elétricos em todo o mundo estavam em serviço apenas na China no final de 2018. Os analistas do relatório BNEF referiram que o número de ônibus exclusivamente elétricos na Europa era de 2.250 nesse período.

Maior eficiência para acionamentos de ônibus convencionais

Maior eficiência para acionamentos de ônibus convencionais

Precisamente porque muitos ônibus urbanos ainda serão propulsionados por um motor de combustão interna a médio prazo - exclusivamente ou em conjunto com um motor elétrico como híbrido - esses ônibus devem ser o mais ecológicos possível. Além dos motores de baixa emissão, a transmissão representa outro componente importante para reduzir visivelmente o consumo de combustível e, logo, as emissões de CO2. "Os ônibus propulsionados por motores a combustão continuam sendo um componente central do transporte urbano e interurbano de passageiros. Portanto, é importante contribuir para reduzir as emissões e aumentar a eficiência. O mercado exige o máximo conforto e o melhor desempenho possível e foi isso que conseguimos com a nova EcoLife 2", afirma Dr. Andreas Grossl, o responsável na ZF pelos sistemas de eixos e transmissão para ônibus.

EcoLife 2 - a referência promissora para transmissões para ônibus urbanos

EcoLife 2 - a referência promissora para transmissões para ônibus urbanos

Quando a ZF lançou sua nova transmissão automática de 6 marchas EcoLife para ônibus urbanos e interurbanos em 2008, ela consumia até 6% menos combustível do que sua antecessora. Agora, os engenheiros da ZF projetaram e aprimoraram ainda mais muitos dos aspectos desse clássico líder do mercado. Assim, a nova transmissão totalmente automática EcoLife 2 é ainda mais resistente e leve, além de mais econômica. Os passageiros atentos perceberão que os ônibus equipados com esta transmissão são mais silenciosos devido às menores rotações do motor e que a viagem é ainda mais agradável graças aos câmbios de marcha rápidos e suaves. Esse aprimoramento do conforto se deve ao conversor de torque com um novo amortecedor de torção.
Os componentes mais importantes da transmissão automática de 6 marchas EcoLife 2.

Mais eficiência graças a muitas alterações no hardware e software

Mais eficiência graças a muitas alterações no hardware e software

Além do conforto, os custos são uma questão importante para os frotistas de ônibus. A redução de consumo de combustível é absolutamente crucial. Graças a numerosas modificações técnicas, a EcoLife 2 conseguiu reduzir o consumo de combustível em até 3% em comparação com sua antecessora. A função start/stop das seis variantes da EcoLife 2 é um dos recursos responsáveis por isso, representando uma enorme melhoria para os ônibus urbanos. A ZF oferece sua nova transmissão automática de 6 marchas para torques de entrada entre 1000 e 2000 Nm. Uma outra contribuição para a redução de combustível e das emissões é dado pelo controle da transmissão em conjunto com o hardware: a EcoLife 2 agora também possui uma função de rolagem que economiza combustível no modo de inércia. E, como importa se um ônibus urbano está rodando em piso plano ou em subidas ou descidas, o cliente agora pode solicitar que a EcoLife 2 também seja equipada com uma variedade de curvas características para a partida.

Foco na manutenção

Foco na manutenção

Para reduzir também os custos de serviço através de uma maior facilidade de manutenção, os engenheiros da ZF alteraram radicalmente o sistema de arrefecimento da transmissão. O trocador de calor da transmissão, que estava localizado ao lado da carcaça de transmissão da primeira EcoLife, desapareceu. Na EcoLife 2, o trocador de calor da transmissão e o trocador de calor do retarder foram combinados, mantendo a capacidade de arrefecimento. Essas e outras mudanças estruturais reduzem o peso da EcoLife 2 em até 20 kg. Com a oferta "ZF DriveLife", os frotistas terão a opção de manutenção preditiva no futuro, com a ferramenta fornecendo informações constantes sobre o estado da transmissão. Isso permitirá que as irregularidades sejam rapidamente detectadas e eliminadas, evitando reparos caros e paradas longas.
Na versão start-stop, a EcoLife 2 com torques de entrada de 1000 Nm é 20 kg mais leve que sua antecessora.

Graças às muitas melhorias, a EcoLife 2, lançada no mercado no primeiro semestre de 2020, tem o que é necessário para ajudar a tornar o transporte público urbano o mais ecológico possível na próxima década. Como afirma Grossl: "Os responsáveis em municípios de todo o mundo são confrontados com passageiros exigindo mais conforto e legisladores pedindo mais proteção ambiental. A nossa EcoLife 2 permite satisfazer as reivindicações de ambas as partes."

Mais detalhes técnicos sobre a nova transmissão automática de 6 marchas EcoLife 2 podem ser encontrados aqui.

Outros artigos relacionados