Tecnologia

©ZF Friedrichshafen AG
#visionzero #digitalizacao

Segurança em primeiro lugar

miúdo tempo de leitura
Tags: ZeroAcidentes, SeeThinkAct, Segurança

Em acidentes com impacto lateral, apenas uma pequena zona de deformação serve de barreira para os passageiros. A ZF projetou um sistema pré-colisão com airbags ativados fora do veículo para ajudar a aumentar a proteção dos ocupantes.
Achim Neuwirth, Julho 23, 2019
author_image
Achim Neuwirth escreve para a ZF desde 2011. Sua especialização é redigir textos sobre assuntos automobilísticos: dos veículos à tecnologia que se encontra por trás deles, passando por condução e trânsito.
No caso de uma colisão frontal ou traseira, a zona de deformação entre os passageiros e o objeto que atinge o veículo é maior. Impactos laterais podem significar mais risco para os ocupantes, já que normalmente há uma menor infraestrutura nesse ponto da carroceria para ajudar a reduzir a severidade de um acidente. Considerando apenas a Alemanha, cerca de 700 pessoas perdem suas vidas a cada ano nessas situações, o que equivale a um terço das fatalidades envolvendo carros de passeio.

Redução de até 40% das lesões dos passageiros em caso de acidente

Memmingen, Alemanha, junho de 2019. O ruído é ensurdecedor, porém abafado, no momento em que o veículo bate sem frear na lateral de um carro de tamanho médio. Contudo, o estouro não é causado pela colisão, já que o veículo usado na demonstração é um dummy maleável. O barulho resulta da ativação de um grande airbag que agora pode ser visto no lado do passageiro do carro impactado. Se fosse um acidente no trânsito normal, provavelmente as pessoas sairiam de dentro do veículo com bem menos ferimentos, em parte graças à bolsa de ar externa.
“Nosso sistema de proteção pré-colisão com airbag lateral externo tem potencial para reduzir em 40% as lesões dos ocupantes em caso de acidente com impacto lateral”, afirma Uwe Class, responsável pela equipe de engenharia avançada do departamento de sistemas de mobilidade segura da ZF. “Nossa inovação de segurança oferece uma zona de deformação adicional que os carros ainda não tinham, como o teste de colisão acabou de demonstrar”, completa ele.
ZF Proactive Side Impact Protection, a solução de proteção proativa da ZF em caso de colisões laterais

Zona de deformação eficiente

Os airbags frontais e laterais instalados convencionalmente no interior dos veículos atuais são acionados quando os sensores de pressão e aceleração detectam uma colisão. Seguindo um princípio diferente, o novo sistema pré-colisão decide antes do impacto se a bolsa de ar externa deve ser acionada ou não. Contudo, isso só pode ocorrer se o carro tiver um dispositivo de previsão de acidente de alta confiabilidade.
Um conjunto de sensores composto por câmeras, radares e sensores do tipo LIDAR fica o tempo todo de olho em potenciais perigos. Os algoritmos utilizados são capazes de determinar como avaliar cada situação de risco – por exemplo, se uma colisão é inevitável e se o airbag externo realmente pode e deve ser ativado. Caso afirmativo, o sistema aciona os insufladores para encher a bolsa de ar.
“O sistema pré-colisão leva apenas cerca de 150 milésimos de segundo para tomar a decisão e realizar as ações necessárias”, explica Class. “Trata-se de um piscar de olhos antes do acidente que usamos para ajudar a diminuir expressivamente o risco de ferimentos dos ocupantes”, acrescenta. O recurso de proteção pré-colisão pode reduzir em até 30% a invasão do veículo ou objeto na carroceria, o que ajuda a amenizar a gravidade das lesões dos passageiros em até 40%.

O sistema pré-colisão da ZF em ação

Para que serve uma zona de deformação?

Para que serve uma zona de deformação?

O airbag lateral externo é o componente de maior evidência do sistema pré-colisão da ZF. Ele fica alojado na soleira da porta do veículo, pronto para entrar em ação. Ao ser acionado em caso de necessidade, ele se expande para cima – dependendo do modelo do carro, com capacidade entre 280 e 400 litros. Com volume cinco a oito vezes maior que o de uma bolsa de ar convencional para motorista, ele cria uma zona de deformação adicional na área da porta, entre as colunas A e C.