Condução autônoma
TecnologiasÁreas tecnológicas Condução autônoma

Condução autônoma: uma visão geral

Qual é a situação atual da tecnologia? Como são realizados os testes? O que nos espera no futuro? Leia tudo sobre a condução automatizada e autônoma de carros e outros veículos.

Definição: o que é condução autônoma?

De modo geral, a expressão “condução autônoma” é utilizada para designar veículos e sistemas de transporte que se locomovem sem a intervenção de um motorista humano. Em 2014, a Sociedade Internacional de Engenheiros da Mobilidade SAE International elaborou a norma J3016 para descrever as fases do desenvolvimento de um veículo totalmente autônomo. Os níveis da condução autônoma vão do 0 (sem automatização) ao 5 (sem motorista).

Os 5 níveis da condução autônoma

Da direção assistida à condução sem motorista: as cinco etapas de um carro autônomo

O sonho da condução totalmente autônoma vem fascinando não apenas os engenheiros automotivos desde os anos 1950. Em que fase estamos atualmente? Quando ela será uma realidade?

Estado atual da tecnologia

Do que um veículo autônomo precisa?

Sensores avançados, uma unidade de controle inteligente e atuadores sofisticados: a condução automatizada e autônoma requer tecnologias complexas. Mas a questão não se resume apenas a possibilitar que os veículos se desloquem sem motorista. No futuro, a segurança continuará sendo a maior prioridade e o conforto dentro do carro será bem mais importante que hoje.

Um supercomputador para dar conta do recado

Para poderem transitar sem motorista, os veículos autônomos precisam de inteligência artificial e imensa capacidade de processamento. Com o ZF ProAI RoboThink, a ZF oferece o computador central dotado de inteligência artificial mais potente do setor automobilístico.

Interação entre homem e máquina

Quem vai dirigir? Essa decisão não se restringe apenas a pessoas, mas está tendo que ser tomada com maior frequência entre o ser humano e a máquina.

Sistemas de assistência ao motorista: redefinição da condução parcialmente automatizada

Em parceria com a NVIDIA, a ZF desenvolveu o ZF coPILOT, um sistema avançado de assistência ao motorista que assume o controle central de diversas funções, proporcionando uma experiência de condução confortável e segura.

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial está em voga e é a grande tendência do momento. Mas o que isso realmente significa? O que ela faz hoje e do que ela será capaz no futuro?

Sensores: um conjunto de alta potência para veículos autônomos

Os sistemas de assistência ao motorista precisam dominar com segurança mesmo as situações mais desafiadoras. Para isso funcionar com eficiência em todas as condições climáticas e da luz, é necessário fazer a interligação inteligente dos dados das câmeras, sensores do tipo LIDAR e radares.

Segurança nos veículos automatizados e autônomos

Os assentos dos veículos automatizados e autônomos somente poderão ser dispostos de forma diferente se os ocupantes ficarem bem protegidos. É aqui que os sistemas da ZF entram em ação.

Chassis – o fator decisivo para a condução autônoma

Conforto ao volante, dirigibilidade e, consequentemente, o chassis são fundamentais para o sucesso dos veículos autônomos. Passageiros que não dirigem ativamente um carro são os que mais sentem as diferenças quando o assunto é comodidade.

Mapas de alta resolução

Seja uma árvore ou uma ponte – para a condução autônoma, mapas de grande precisão devem oferecer uma imagem perfeita das ruas e estradas. Mas como é possível captar as malhas viárias do mundo inteiro? Os líderes no mercado de serviços de mapas e a ZF encontraram uma solução.

Procedimentos de teste

Pistas para testar veículos autônomos ao redor do mundo

Para poder dirigir, é necessário primeiro aprender. Isso não vale só para as pessoas, mas para veículos automatizados e inclusive autônomos. Para poderem aprender e coletar dados, eles precisam rodar muitos quilômetros em circuitos fechados, ruas e estradas.

Em todos os mercados: treinamento para veículos autônomos

Os carros autônomos também precisam ir para a autoescola. Existem circuitos de teste no mundo inteiro para que os algoritmos possam treinar e coletar dados tranquilamente. Em seguida, eles vão para as ruas e estradas – mas, inicialmente, em condições de teste.

Coletando dados no trânsito diário

Em uma pista de teste localizada em Friedrichshafen, na Alemanha, a ZF recolhe uma infinidade de informações para a condução automatizada.

Sistemas de transporte e veículos autônomos

Dos robotáxis aos tratores

A tendência de automatização não se limita aos automóveis. Há muito tempo, empresas como a ZF vêm se dedicando a meios de transporte de passageiros e cargas, veículos comerciais automatizados, empilhadeiras inteligentes e máquinas agrícolas inovadoras.

Robotáxis para compartilhar carona

Os novos conceitos de mobilidade urbana, como o ride-hailing, estão entre os maiores fatores que impulsionam o desenvolvimento da condução autônoma. Com um protótipo, a ZF demonstra como pretende oferecer novas formas de transporte.

Rumo ao futuro com o People Mover

Em parceria com a startup e.Go, a ZF lança um veículo de transporte de passageiros no mercado. Os campos de aplicação são amplamente diversificados.

Caminhões inteligentes evitam o colapso do trânsito

A mobilidade urbana do futuro aposta em novos conceitos operacionais e em veículos como o People Mover. Um dos projetos mais avançados é o e.GO Mover, que tem participação da ZF.

Veículos comerciais altamente automatizados

Nos Estados Unidos, o grande assunto do momento é a condução automatizada de carros de passeio. Mas poucas pessoas sabem que os veículos comerciais também desempenham um papel essencial nesse campo.

Tecnologia de platooning para caminhões

Dirigir protegido do vento pelo veículo da frente requer menos energia – ciclistas já sabem disso há muito tempo. Essa lei da física também vale para caminhões.

Entrega autônoma de encomendas: satisfação na porta de casa

Considerando apenas a Alemanha, mais de dez milhões de pacotes são entregues a cada dia – a tendência é de aumento. Com um veículo-conceito interconectado e autônomo, a ZF mostra como facilitar a entrega de encomendas.

Logística inteligente: como em um passe de mágica

Mesmo sem percebermos, em breve, inúmeros veículos autônomos estarão operantes: caminhões que se locomovem sem motorista em terminais de carga e descarga. Essa logística inteligente aumenta a eficiência do transporte de mercadorias.

A empilhadeira do futuro

Com a Innovation Forklift, em caráter inédito, a ZF ensina um veículo de manuseio de materiais a ver, pensar e agir.

Em foco: agricultura 4.0

A ZF está aplicando os benefícios das tendências tecnológicas do futuro, como eletromobilidade e condução autônoma, em inovadores protótipos de veículos agrícolas.

Crítica, leis e ética

Quando é o computador que assume o comando

Nem todos estão entusiasmados com as possibilidades que a condução autônoma promete. Alguns temem perder o prazer em dirigir. Outros alertam para a ação de hackers ou levantam questões jurídicas e éticas delicadas.

Sem medo de perder o controle

De Frankenstein a Matrix: os livros e filmes estão repletos de conflitos entre máquinas e humanos. Para muitas pessoas também seria desafiador passar o controle para um veículo autônomo. No entanto, a automatização oferece inúmeras vantagens.

Sempre um passo à frente dos hackers

“Fui hackeado!” São poucas as frases que conseguem provocar mais medo. Fenômenos como o roubo de identidade e a violação da proteção de dados estão cada vez mais no foco das atenções, aumentando as exigências de segurança dos produtos, como smartphones, babás eletrônicas e veículos.

Questões éticas relacionadas à condução automatizada (ADAC)

O futuro pode pertencer aos veículos autônomos. No entanto, a rápida evolução tecnológica também levanta questões éticas, como, por exemplo, se um dia a instalação dessas tecnologias deverá ser compulsória.

O que nos espera no futuro?

Novos veículos – outras exigências

Mobilidade como serviço, mobilidade intermodal, robotáxis para compartilhamento de carona: em alguns segmentos, a mobilidade do futuro se transformará radicalmente, atrairá novos players e proporcionará novas oportunidades no mercado.

A condução autônoma está revolucionando o mercado

Novos players e novas oportunidades: os principais impulsionadores da condução automatizada e autônoma não são as montadoras. O maior interesse nessas tecnologias é dos novos prestadores de serviços de mobilidade, frotistas, administrações municipais e empresas de entrega.

Pequeno glossário da nova mobilidade

De “Mobility as a Service” a “Car-to-X”. Não é raro o uso de palavras e abreviaturas em inglês para designar a mobilidade de amanhã. Nós explicamos alguns dos principais termos.